sábado, 28 de novembro de 2009

São Gonçalo de Batalha visita Teresina


O Padroeiro da Capital da Ametista é São Gonçalo, santo por demais querido pela grande maioria dos batalhenses, já que a religião católica - segundo dados oficiais - expressa a maioria de adeptos dentro do cristianismo e o Brasil registra o maior número absoluto de católicos no mundo. Pelo fato de professar o catolicismo, estou incorporado a essa maioria de meus conterrâneos, uma vez que religião é uma opção de caráter pessoal e por isso mesmo, respeito todas as crenças que encaminham o homem aos braços do Grande Arquiteto do Universo.

A colônia batalhense em Teresina é bastante expressiva em número de católicos, e por isso mesmo, foi de uma feliz inspiração a iniciativa do Padre Evandro daquela Paróquia, quando programou uma peregrinação do santo português em visita aos filhos ausentes que moram em Teresina. A chegada de São Gonçalo aconteceu às dezenove horas do dia treze de novembro, na igreja do Centro Pastoral Paulo VI (antigo seminário), quando alí foi recebido com uma salva de fogos de artifício e os hinos a ele dedicados sob execução da Banda da Polícia Militar do Piauí e também por músicos da Banda da Prefeitura Municipal de Batalha. Concentrou-se no adro da Igreja uma multidão de batalhenses dominados por uma emoção tão forte, que muitos deles não puderam conter as lágrimas, quando posicionados em uma atitude de devoção e máximo respeito.

A celebração de uma missa solene pelo Padre Evandro, foi ponto marcante na abertura da visita, que numa prece de invocação a São Gonçalo, fortaleceu a espiritualidade e o amor devotado ao santo Padroeiro pela colônia batalhense em Teresina, cujos componentes se identificam e se entrosam de forma admirável, num sentimento de amizade e solidariedade, independentemente de posição social ou econômica de quem quer que seja.

São Gonçalo que durante mais de um mês, visitará a cada dia a casa de um batalhense, regressará à sua Paróquia no dia dezenove de dezembro, considerando que a vinte e dois do referido mês terá início o tradicional festejo celebrado em sua honra e glória, quando então, filhos ausentes de todos os recantos do Brasil e até do exterior, se farão presentes, elevando suas preces a Deus por intermédio de São Gonçalo, solução dos casos impossíveis.

Autor: Dr. Carlos Magno de Almeida
Material extraido da Revista De repente.

1 comentários:

Jayssica Lorena on sábado, novembro 28, 2009 disse...

Hoje São Gonçaõ estará na casa de Maria José Machado, na Rua Amazônas, 1312, Vila Operária. Amanhã, dia 29, estará na casa de D. Teresinha (irmã do Badão), na Av. Duque de Caxias, 2584, em frente ao Hopital da Primavera.

 

My Blog List

Seguidores

Folha de Batalha © 2009 Designed by Ipiet Customizado por Manoel Filho