sábado, 21 de novembro de 2009

Mateus não. “de” Deus, primeiro os teus.


Em todo governo decente, o interesse público, isto é, interesse que visa o bem da maioria da coletividade para o bom funcionamento da maquina administrativa, é o principal foco. Tem prioridade sobre todo e qualquer interesse particular, seja de quem for.

No Piauí, a coisa não é bem assim. A frase bíblica que diz:”Mateus, primeiro os teus”, funciona perfeitamente nesse governo repleto de ilusões e demagogia. Primeiro se atende aos interesses particulares de seus companheiros, para só depois pensarem na coisa pública.

Critérios meramente políticos e não técnicos são empregados nesse governo com finalidades apenas eleitoreiras. Criam-se secretarias e secretários com funções apenas de nutrir o ócio, mas sempre bem remunerados.

O último acontecimento gerado por esse partido burguês, que causou arrepio na espinha e afrontou o direito que cada cidadão tem de votar e ser votado, partiu de uma atitude ditatorial do Deputado João de Deus, que exigiu do governador a saída do secretário Luciano Paes Landim da Secretaria de Transportes, já que tinha sido o próprio deputado que tinha indicado.

Nada mais justo que o parlamentar queira colocar outro no lugar, mas o que espanta dessa exigência, foi o motivo dado: Paes Landim sai porque quer se candidatar a deputado. Se fosse por incompetência, ausência no trabalho ou qualquer outro motivo relevante seria válido a saída, mas por medo de concorrência? Que nome se pode dar a uma atitude como essa?

Será que o deputado anda preocupado com o que vem acontecendo com seu partido nos últimos anos, e notou que está existindo uma consciência política no eleitorado piauiense?

Atitude essa digna dos asseclas.

0 comentários:

 

My Blog List

Seguidores

Folha de Batalha © 2009 Designed by Ipiet Customizado por Manoel Filho