quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Prefeitão valentão agora ameaça padre



O prefeito Luís Neto (PPS), da cidade de Amarante, está sendo acusado de ameaçar o padre Raimundo Neto, titular da paróquia de São Gonçalo, daquela cidade. Ele está temendo pela sua própria vida e pede proteção à Secretaria de Segurança do estado.

O padre Raimundo Neto afirmou em entrevista ao 180graus que está sendo ameaçado pelo prefeito Luís Neto e seus seguidores políticos. O motivo: o sermão feito no domingo à noite em que condenou ato de violência protagonizado pelo chefe do executivo municipal, ao agredir um funcionário da CEPISA com um facão. Por causa disso, o Padre está recolhido à Casa Paroquial.

Afirma o sacerdote que Luís Neto (prefeito) adentrou a residência do chefe do escritório local da Cepisa, João Gramoza, no sábado à noite e aplicou contra o servidor da companhia energética um golpe de facão. O golpe foi dado com a face da arma branca e deixou marca sobre a barriga da vítima que foi reproduzida em foto por jornais, portais de notícias e emissoras de tevê.

0 comentários:

 

My Blog List

Seguidores

Folha de Batalha © 2009 Designed by Ipiet Customizado por Manoel Filho