quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Prefeitura de Esperantina gasta R$ 156 mil com advogados no período de um ano


Segundo o Diário Oficial dos Municípios, no extrato de contrato nº 190/2009, na modalidade Inexibilidade de Licitação Nº 034/2009, a prefeitura municipal de Esperantina contratou o escritório de advocacia Carvalho e Oliveira Advogados Associados, pelo período de doze meses, com início em agosto do corrente ano, para prestação de serviços técnicos especializados em atividade privativa de advogado, no valor de R$ 156 mil reais.

Não é preciso ser um gênio na matemática para saber que o salário pago para esses advogados, dividindo 156/12, é de R$ 13 mil reais.

Ser advogado tem suas vantagens. Nesse caso, não precisou fazer nem concurso público para receber essa grana, pois é permitido por lei.

Recentemente, vendo a página de concurso na internet, vimos que em vários municípios do Brasil, algumas prefeituras estão realizando concurso público para o cargo de advogado do município. O valor do salário? Entre R$ 948,78 (prefeitura de Dracena-SP) e R$ 3.000 ( Prefeitura de Santa Luzia-MG)

Não seria mais barato aos cofres públicos como também ao povo de Esperantina a realização de um concurso público para prover esse cargo, ao invés de contratar? Não com o salário da Prefeitura de Dracena, porque ninguém vai, mas, com aquele oferecido pela Prefeitura de Santa Luzia em MG, já que se trata de servidor que não assina ponto nem está sujeito a expediente. Presta o serviço quando necessário.

0 comentários:

 

My Blog List

Seguidores

Folha de Batalha © 2009 Designed by Ipiet Customizado por Manoel Filho