quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Notas rápidas


O Haiti é aqui
O senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA) foi contra o envio de 900 soldados para o Haiti, sob a justificativa de que o Brasil deve priorizar os seus problemas.

Nunca vi um bêbado pobre
O Brasil já perdoou bilhões em dívidas de países mais pobres. Com o presidente que a gente tem, que adora uma cachaça e já foi visto varias vezes bêbado, não dar pra deixar de ser rico.

Sem limites para mentir
O governador do Piauí não perdoa nem o seu amigo Lula. Não fez nenhuma obra com recursos próprios e ainda teve a audácia de se apossar das obras federais, se dizendo suas. Se mente para os grandes dessa forma, imaginem o que será capaz de fazer com os eleitores.

Pode?
Roberto Requião, governador do estado do Paraná, esteve no Piauí e disse que se o PMDB não tiver candidato próprio para a disputa do governo, poderá virar um balcão de negócio. Esse aviso não veio tarde demais?

Carnaval e campanha fora de época
Tudo bem que o carnaval fora de época já virou mania. Em todo canto do Brasil se ver esse tipo de evento, mas agora campanha fora de época é uma modalidade onde o PT está se mostrando mestre.

Sou Antonio José e não abro
Refleti muito sobre o assunto e acredito que o melhor nome para concorrer ao governo do estado é do deputado e secretário Antonio José Medeiros. Por que? Porque quem não gosta do PT terá a grande oportunidade de ver esse partido ser humilhado nas urnas, pois W. Dias vai ser candidato ao senado e o vice-governador, ao assumir, vai fechar as portas para esse partido. Acabou-se o que era doce.

Maior que o partido
Antigamente, os políticos colocavam o partido acima de qualquer coisa, logo porque nesse partido reside a ideologia que une seus filiados. Com o PT, e pelas palavras da deputada Flora Isabel, a candidatura de W. Dias é maior que o partido. Da pra ver que ideologia, só mesmo no papel.

Se vender, da muita grana
Se Wilson Martins assumir o governo e fechar as portas para o PT, o partido não tem que ficar preocupado em como conseguir grana para o caixa. É só venderem todos os carros de luxos que compraram durante o mandato do governador. Vão arranjar mais dinheiro que a conta bancaria do senhor João Claudino.

1 comentários:

urubudacachoeira on quinta-feira, janeiro 28, 2010 disse...

Esse seu candidato a governador, escrito com letra minúscula. Pois, fomos contemporâneos de estudo e desde àquela época este já era prepotente. O Estado do Piauí não o merece e, com certeza, vai ficar minúsculo com seu jeito de administrar.

 

My Blog List

Seguidores

Folha de Batalha © 2009 Designed by Ipiet Customizado por Manoel Filho