Acusados de tráfico de drogas são presos em Batalha - Folha de Batalha

Follow us

22 de abril de 2015

Acusados de tráfico de drogas são presos em Batalha

Policiais Militares de Batalha prenderam nesta quinta-feira, 21, dois homens que transportavam maconha em uma moto. Eles vinham da cidade de Piripiri e seguiam para Luzilândia.


De acordo com Sargento Messias Machado, o Cabo Queiroz e o Soldado Jean realizavam patrulhamento de rotina, já ele Machado estava na delegacia monitorando o sistema de câmeras instalados na cidade, quando avistou os dois suspeitos trafegando em uma moto, sem placa, por volta das 11 horas.


Ao realizarem a abordagem, segundo os policiais, os acusados tentaram se desfazer de uma sacola, e nela foram encontrados dois tabletes de crack e uma quantidade razoável de maconha.

Os acusados não portavam documentos pessoais e foram identificados pelos apelidos de Pirata e Neguim, todos da cidade de Luziândia.

Os policiais perguntaram também onde eles conseguiram as drogas, então eles disseram que foi com uma pessoa chamada Antônio Rodrigues, vulgo Sombra(esse sem camisa), que preparava as mesmas em uma casa na cidade de Piripiri. Isso foi suficiente para desencadear uma operação conjunta das Polícias de Batalha e Piripiri, que culminou com o estouro de uma boca de fumo no bairro Crioli, em Piripiri.
Tabletes de maconha


A operação aconteceu por volta das 15h, e foi comandada pelo policiamento civil e militar dos respectivos municípios.

Com o acusado “Sombra” a polícia encontrou vários papelotes de crack, maconha, um revolver, calibre 32, com duas munições, balanças de precisão (possivelmente usado para pesar a droga), além de uma grande quantidade em dinheiro.

Os acusados presos em Batalha, Pirata e Neguim, negaram ser traficantes e afirmaram que são apenas usuários. O delegado de Piripiri se recusou a ficar com os dois e fez o flagrante apenas do acusado ‘Sombra’’.

Sargento Machado declarou a reportagem do Folha de Batalha que, vai aguarda até o meio a chegada de um delegado para lavrar o flagrante. “Eu já comuniquei o fato ao Promotor da cidade. Disse a ele que aguardarei até o meio um delegado pra fazer os procedimentos, se não aparecer ninguem serei obrigado a liberar os dois acusados”, conclui o PM.

A cidade de Batalha está sem delegado titular desde a saída do delegado Marcelo Aguiar Dias, o governo do estado ainda não se prontificou sobre o assunto, enquanto isso a delegacia fica com procedimentos parados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial