11 de maio de 2017

Carro da Câmara de Batalha acumula cinco multas por excesso de velocidade

O carro da Câmara Municipal de Batalha, um Fiat/Pálio de placa PIP-0418 – Renavam 01067447633, modelo 2015, de uso exclusivo dos vereadores, levou três multas ano passado e este ano já foram duas, por ultrapassar o limite de velocidade permitida. Os valores das infrações totalizam R$ 515,68.


O legislativo batalhense conta com motorista pago pelo poder público – mas de vez em quando, vereadores dirigem o automóvel. A manutenção do veículo e aquisição de combustível também são mantidos com recursos oriundos de impostos pagos pelo contribuinte batalhense.

Três das multas foram registradas pelo radar fixo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) que está instalado na BR 343 no percurso Teresina – Luís Correia. De acordo com o site do DETRAN-PI, o motorista transitava pela rodovia em velocidade superior a 20%. As infrações foram registradas nos dias 14 e 20 de julho do ano passado e 17 de março deste ano, o que rendeu R$ 340,00. Outras duas ocorrências de multa pela mesma infração foram registradas na capital.

Em julho do ano passado o veículo da câmara rompeu o limite da velocidade máxima permitida na avenida dos Expedicionários, zona Leste da capital e levou multa de R$ 85,12. A mesma infração ocorreu no dia 21 de fevereiro deste ano na Alameda Parnaíba, após a ponte Estaiada, que liga as zonas Norte e Leste da capital. O valor da infração foi de R$ 104,00.

Ao ser questionado se a câmara instaurou algum procedimento para investigar os fatos e responsabilizar seus autores, o presidente Clayson Amaral minimizou o problema dizendo que os condutores são os próprios vereadores, e a responsabilidade do pagamento de multa é de cada. “Todos são cientes, sendo que não precisará abrir procedimentos. Identificamos o condutor através da escala”, justifica.

A reportagem quis ainda saber o motivo das viagens dos parlamentares e seus nomes, mas o presidente desconversou, afirmando que fica difícil relatar o motivo das viagens de cada vereador.

Outro fato que chama a atenção e que três das cinco multas já venceram, sendo duas em setembro e uma em dezembro de 2016, ou seja, não foram quitadas pelo infrator e nem pela Câmara.

Abaixo a lista de multas recebidas por esse veículo em 2016 e 2017:

Dia 14/07/2016 – Transitar em velocidade superior a máxima permitida em até 20%. Grave. Valor da multa R$ 85,12. Local: BR 343;

Dia 20/07/2016 – Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%. Grave. Valor da multa R$ 85,12. Local: BR 343 em Piripiri;

Dia 28/07/2016 – Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%. Grave. Valor da multa R$ 85,12. Local: Av: dos Expedicionários, em Teresina;

Dia 21/02/2017 – Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%. Grave. Valor da multa R$ 104,13. Local: Alameda Parnaíba, após a ponte Estaiada, em Teresina;

Dia 17/03/2017 – Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%. Grave. Valor da multa R$ 130,16. Local: BR 343.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar