19 de janeiro de 2018

Agespisa retoma construção de reservatório com capacidade para 150 mil litros de água em Batalha.

Após uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Piauí, na pessoa do Promotor Antonio Charles Ribeiro de Almeida, que tinha como objetivo regularizar o abastecimento de água aos consumidores da cidade de Batalha, a Agespisa retomou a construção do reservatório localizado às margens da Avenida Inácio Farias (próximo ao conjunto Vila Kolping). A obra vai garantir maior regularidade no abastecimento de água da cidade. O investimento é de R$ 270 mil, com recursos próprios.


O presidente da Agespisa, Genival Sales, informa que o reservatório é elevado, de concreto armado e tem capacidade para 150 mil litros de água. “É uma obra necessária para reforçar o abastecimento. A cidade terá mais uma reserva de água para atender a demanda dos moradores”, ressaltou.

Com a conclusão da obra, a oferta de água será ampliada para os bairros Esperança II, Vila Kolping, Pedra do Letreiro, Lagoa e Toca da Raposa. Após a finalização dos trabalhos, prevista para junho deste ano, o reservatório será interligado ao sistema de abastecimento atual da cidade.

O investimento integra uma obra que incluiu a ampliação de seis mil metros de rede de distribuição e a construção de outro reservatório, com capacidade para 200 mil litros. O sistema também recebeu uma adutora de 1.400 metros e foram instaladas 250 ligações domiciliares. Com esses investimentos, mais de 1200 pessoas estão sendo beneficiadas.

Texto: Afonso Rodrigues – Edição: Everardo Torres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar